Traduções 89

06/11/2013 - Paula Fernande e Juanes - Hoy Me Voy

Hoy Me Voy


Lembrarás, lembrarás quando se for o sol
Que eu te amei, mas deixo sua vida agora
Te dirán, te dirán las flores del jardin
Cuanto te amé y cuanto soñé tu luz
Devolva-me esse coração que você não soube amar
E o que eu te dava, amor
Sem pensar
Devuélvelo, devuélvelo no es tuyo no
Ya se acabó el tiempo en que tú brillabas
Devolva-me esse coração que você não soube amar
E o que eu te dava se acabou

Hoy me voy pero no, no se va la herida grande que me queda
Por amarte, por mi culpa, por los besos que en el mar te di
Coração que sangrou e coragem me faltou para deixar-te
Tive medo, fui covarde, é por isso que de ti me despeço
Hoy me voy
Hoy me voy

Devolva-me esse coração que você não soube amar
E o que eu te dava se acabou

Hoy me voy pero no, no se va la herida grande que me queda
Por amarte, por mi culpa, por los besos que en el mar te di
Corazón me sobró y coraje me faltó para dejarte
Tive medo, fui covarde, é por isso que de ti me despeço
Hoy me voy
Hoy me voy

E, por isso, me despeço
Hoy me voy
Hoy me voy
Hoje Vou Embora
Lembrarás, lembrarás quando se for o sol
Que eu te amei, mas deixo sua vida agora
As flores do jardim te dirão, te dirão
O quanto te amei e o quanto sonhei com tua luz
Devolva-me esse coração que você não soube amar
E o que eu te dava, amor
Sem pensar
Devolva-o, devolva-o, não é teu, não
Já se acabou o tempo em que tu brilhavas
Devolva-me esse coração que você não soube amar
E o que eu te dava se acabou


Hoje vou embora, mas a ferida grande permanece em mim
Por te amar, por minha culpa, pelos beijos que te dei no mar
Coração que sangrou e coragem me faltou para deixar-te
Tive medo, fui covarde, é por isso que de ti me despeço
Hoje vou embora
Hoje vou embora


Devolva-me esse coração que você não soube amar
E o que eu te dava se acabou


Hoje vou embora, mas a ferida grande permanece em mim
Por te amar, por minha culpa, pelos beijos que te dei no mar
Coração me sobrou e coragem me faltou para deixar-te
Tive medo, fui covarde, é por isso que de ti me despeço
Hoje vou embora
Hoje vou embora


E, por isso, me despeço
Hoje vou embora
Hoje vou embora

Hoje Vou Embora


Lembrarás, lembrarás quando se for o sol
Que eu te amei, mas deixo sua vida agora
As flores do jardim te dirão, te dirão
O quanto te amei e o quanto sonhei com tua luz
Devolva-me esse coração que você não soube amar
E o que eu te dava, amor
Sem pensar
Devolva-o, devolva-o, não é teu, não
Já se acabou o tempo em que tu brilhavas
Devolva-me esse coração que você não soube amar
E o que eu te dava se acabou


Hoje vou embora, mas a ferida grande permanece em mim
Por te amar, por minha culpa, pelos beijos que te dei no mar
Coração que sangrou e coragem me faltou para deixar-te
Tive medo, fui covarde, é por isso que de ti me despeço
Hoje vou embora
Hoje vou embora


Devolva-me esse coração que você não soube amar
E o que eu te dava se acabou


Hoje vou embora, mas a ferida grande permanece em mim
Por te amar, por minha culpa, pelos beijos que te dei no mar
Coração me sobrou e coragem me faltou para deixar-te
Tive medo, fui covarde, é por isso que de ti me despeço
Hoje vou embora
Hoje vou embora


E, por isso, me despeço
Hoje vou embora
Hoje vou embora

<<<123456>>>

Star89 Notícias

89 Notícias

StarSiga-nos

StarContato

SMS FM89
Whatsapp FM89

(47) 9286-8989

Envie sua mensagem de texto e participe da melhor programação.

Fone do Ouvinte:
(47) 3633 6789

|

Depto. Comercial:
(47) 3633 4985

StarAgenda