Mensagem do Dia

14/01/2017 - Sobre as lágrimas


Em geral recolho-me cedo, sou matutina, gosto dos amanheceres, da leveza das manhãs. À tarde tudo me parece preenchido, intenso. A noite me remete a introspecção, prefiro ficar só, uma música quase inaudível, um livro, meus pensamentos, uma janela onde possa avistar os pássaros, o céu e a lua que amo tanto.

Quando criança deitava na relva e permanecia horas olhando ao infinito, momento em que meu imaginário me transportava para além das nuvens. Como aquela menina de antes continuo meio solitária, nos pequenos mundos que construo, choro, sorrio, recordo, sinto e reflito, como neste instante em que penso sobre a razão das lágrimas e recordo das vezes que não consegui chorar por terem me feito acreditar que lágrimas simbolizavam fraqueza. Precisei aprender a chorar e compreender as lágrimas como prerrogativa humana, vinculada a sensibilidade e a sentimentos nobres e “grandes”.

Em pé numa livraria, ao lado de certo senhor sentado num banquinho, contemplava muito mais que um homem de sessenta e poucos anos chorando, falando de histórias, livros e comovendo-se com recordações de épocas e pessoas. Ao falar do pai e do sobrenome Diderot que tão orgulhosamente carrega e faz questão de comprovar com um documento de identificação, valora a sabedoria, o conhecimento e a arte, deixando-se molhar o rosto pelas emoções.

Senti vontade de sentar ao chão e ouvir as histórias das suas viagens e das “viagens” dos autores que leu ao longo da vida, mas era preciso ir-me, anotei os livros os quais me indicou, despedi-me e fui me embora, ele permaneceu sentado com a obra que folhava quando da minha chegada. Saí com uma pontinha de dor, são tão poucas as pessoas que encontro pelo caminho e ainda choram, aquele senhor fez mais bonita minha tarde de férias. Saí uma pessoa melhor, ele jamais saberá.

(Elizete Conte Tondello)

<<<123456>>>

Star89 Notícias

89 Notícias

StarSiga-nos

StarContato

SMS FM89
Whatsapp FM89

(47) 9286-8989

Envie sua mensagem de texto e participe da melhor programação.

Fone do Ouvinte:
(47) 3633 6789

|

Depto. Comercial:
(47) 3633 4985

StarAgenda